OS 4 PILARES PARA A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DE SUA EMPRESA

Transformação Digital

,

NRF

,

Novo Normal

OS 4 PILARES PARA A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DE SUA EMPRESA

Techedge | Set 11, 2020

A transformação digital já é um conceito presente na vida empresarial. Essa tendência vem crescendo em um ritmo ainda mais acelerado devido ao contexto de crise financeira e de saúde pública em que estamos inseridos. Segundo a Forbes, 87% das empresas acreditam que o "digital" irá revolucionar as suas indústrias, mas apenas 44% estão preparadas para essa transformação.

A necessidade de adaptação constante dos modelos de negócio passou a fazer parte do dia-a-dia e deve ser encarada como algo natural. Desta forma, podemos dizer que a transformação digital é uma realidade inevitável, demandando às empresas a inserção no meio digital, não apenas devido a competitividade, mas como condição essencial para permanecer no mercado.

Neste mesmo estudo da Forbes vemos que 70% das organizações possuem uma estratégia de transformação digital ou estão trabalhando para isso, enquanto, 55% das empresas que ainda não passaram pela transformação acreditam que têm menos de um ano até começarem a perder participação no mercado.

Vale lembrar que a transformação digital deve ser precedida de uma mudança de cultura geral, e deve ser liderada pelo topo da gestão da organização.

E então, ficou curioso para saber mais? Continue com a gente!

VISÃO DO MERCADO FRENTE A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Há quem acredite que a transformação digital é uma alternativa que deve coexistir com outros modelos de negócio. Mas será que é isso mesmo? Será que os dados que analisam as tendências de mercado nos mostram essa coexistência?

Conforme estudo pela consultoria global McKinsey, realizado com 124 empresas de grande e médio porte em diversos setores, o índice de maturidade digital das empresas impacta diretamente nos seus resultados.

maturidade-digital

O estudo revela que empresas que investem na digitalização alcançam uma fatia de mercado muito maior.

A transformação digital faz parte do progresso tecnológico e não irá retroceder, muito pelo contrário, vai avançar independentemente do segmento da empresa, afetando todas as atividades empresariais.

Por exemplo, segundo a Forbes, 71% das organizações digitalmente maduras afirmam que podem atrair novos talentos baseado no uso de dados, comparado aos 10% das organizações nos estágios iniciais das transformações digitais. As empresas precisam estar atentas ao fato de que o mercado do futuro será composto em grande parte por consumidores da geração Z, também conhecidos como nativos digitais, cujo nível de exigência neste quesito é muito maior em comparação com gerações anteriores. No entanto, segundo dados do Yearbook Digital, 87% dos usuários brasileiros estão conectados à internet, sendo a América Latina o terceiro mercado regional online do mundo e o índice de presença web é maior do que a média mundial.

Levando em conta estas informações, podemos constatar que ferramentas como Internet das Coisas, Machine Learning, Inteligência Artificial, Blockchain, Business Intelligence, etc são essenciais para a sobrevivência de qualquer empresa.

Portanto, o adiamento do pilar de transformação digital é um risco que a empresa precisa gerenciar em seu cotidiano.

OS 4 PILARES DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DAS EMPRESAS

Com a nossa experiência podemos dizer que os pilares da transformação digital nas empresas consiste em:

  • Pessoas;
  • Processos;
  • Tecnologia;
  • Local de Trabalho.

PESSOAS

As pessoas estão no centro da transformação digital e são responsáveis pelo sucesso dessa iniciativa. Por esta razão, deve ser o primeiro aspecto a ser considerado em uma iniciativa de transformação digital.

A adequação dos processos é inevitável e o avanço tecnológico não ocorrerá de maneira satisfatória sem que o aspecto humano seja profundamente considerado. É importante salientar que a transformação digital tem o poder de potencializar características humanas como a inspiração. Além disso, mais de 40% dos projetos de análise de dados vão envolver experiência dos clientes.

Há uma tendência mundial que caminha lado a lado com a transformação digital que é a da humanização da tecnologia, caracterizada pela relevância do aspecto humano em toda a cadeia produtiva, desde a interação com colaborador até a experiência do consumidor final.

A capacitação e a forma como a equipe é tratada são pontos importantes para que a transformação digital seja benéfica. Segundo o sociólogo britânico John Elkington, as pessoas, o planeta e o lucro compõem o Triple Bottom Line ou Tripé da Sustentabilidade, base para qualquer empresa obter sucesso.

O papel desempenhado pelo cliente foi profundamente alterado pela tecnologia, passando de uma postura passiva para altamente interativa, influenciando no posicionamento do negócio do mercado.

Nos dias atuais, o cliente domina o mercado e tem uma relação dinâmica com a marca, contribuindo significativamente para sua reputação, tanto que já é um comportamento comum buscar avaliações de consumidores de produtos ou serviços nas plataformas digitais, antes de adquiri-los.

Neste contexto, há um conceito que também se alinha com a promoção da transformação digital na empresa que é o Crowdsourcing usado na estruturação de processos baseada em aprendizados coletivos objetivando a busca de soluções.

Entregar uma experiência personalizada e humana é uma das formas de ajudar as pessoas a otimizar sua curva de aprendizado, o Crowdsourcing pode ajudar nessa missão, que é difícil, mas não impossível.

PROCESSOS E TECNOLOGIA

Estruturar novos processos envolve a análise de todos os possíveis impactos da nova tecnologia com uma abordagem holística, para entender antecipadamente como mitigar os efeitos colaterais indesejados e acelerar a transformação digital necessária para acompanhar esta nova realidade do mercado.

Pode-se dizer que a otimização dos processos internos nunca foi tão importante como agora, pois a necessidade de readequação requer que eles sejam cada vez mais ágeis, inovadores e interativos.

A Techedge possui um modelo de análise de GAP´s, por exemplo, para a assegurar que esses processos atinjam sua finalidade, proporcionando uma avaliação precisa do desempenho atual, esperado e projetado.

Esse modelo disponibiliza ferramentas de alta tecnologia, capazes de analisar com precisão se o desempenho está atendendo às expectativas empresariais e se os recursos estão sendo alocados corretamente.

Um processo bem sucedido deve basicamente unir automatização da organização das informações como foco num plano de crescimento sustentável da organização como parte da transformação digital nas empresas.

Executivos dizem que os maiores benefícios das transformações digitais são, devido a tecnologia:

  • O aumento de eficiência operacional (40%);
  • A entrada mais rápida no mercado (36%);
  • A habilidade de alcançar as expectativas dos clientes (35%).

Sendo assim, as novas tecnologias serão inseridas em uma arquitetura empresarial mais ampla, portanto, é fundamental analisar também o impacto operacional dos sistemas que serão alterados ou substituídos, em harmonia com o cenário de aplicação circundante.

Contudo, a tecnologia é a mais importante aliada da empresa no processo de digitalização, impactando tanto no relacionamento com o cliente quanto na otimização dos processos internos.

A jornada de compra é realizada preponderantemente por meios digitais e a comunicação com o cliente passa a ser em tempo real, direcionando as estratégias e ações da empresa.

Ainda que a empresa não seja do segmento de tecnologia, a experiência do cliente acontece baseada na sua utilização, por isso a integração digital é tão importante atualmente quanto o preço do produto ou serviço.

LOCAL DE TRABALHO

Os locais de trabalho também serão impactados pela transformação digital nas empresas, pois os novos processos e tecnologias podem mudar sua aparência física e digital.

A experiência no local de trabalho será modificada e os processos de treinamento para esta nova realidade devem ser cuidadosamente estruturados para não causar reações negativas nos colaboradores.

As áreas voltadas para a gestão de pessoas devem participar desta transição desde o início, para auxiliar em eventuais mudanças, como na adoção do smart workspace, ou ambiente de trabalho digital.

O smart workspace promove o equilíbrio entre espaço virtual e espaço físico, favorecendo o aumento da produtividade e aprendizado dos colaboradores, inovando o modo de trabalhar.

O IMPACTO DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NA SOCIEDADE

A sociedade como um todo também vivencia os impactos da transformação digital, basta olhar para como as novas tecnologias mudaram a vida e a rotina das pessoas.

Em uma pesquisa recente realizada pela Coleman Parkes Research foi constatado que a transformação digital impulsionou em média 37% do crescimento de receita advinda de novos negócios, 76% de melhorias em alcance digital, e ainda 69% de melhorias na competitividade das empresas.

transformacao-digital-sociedade

As tecnologias facilitaram a vida da grande maioria das pessoas, desde as atividades mais simples como pedir comida até o uso da telemedicina num momento de distanciamento social.

Por fim, os impactos positivos e negativos da transformação digital precisam ser percebidos rapidamente e gerenciados para que os efeitos benéficos prevaleçam.

SOLUÇÕES PARA A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DA SUA EMPRESA

Pensando nos 4 pilares da transformação digital e na implementação das tecnologias da 4ª revolução industrial, as empresas se reinventam a cada dia, alinhando seus processos aos negócios, inovando e conquistando espaço no mercado.

A metodologia da Techedge “Nimbl Ripple Method” auxilia na busca por soluções tecnológicas para atender as necessidades da empresa nas modificações de processos para adaptá-los as tecnologias.

Gostou de saber mais sobre transformação digital nas empresas?

Para saber mais é só acessar a página da metodologia Nimbl Ripple Method e conferir os demais conteúdos do blog

metodologia-nrf

Inscreva-se!