TECHEDGE @ HORIZON2020: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PARA UMA SOCIEDADE MELHOR

News

,

NOTÍCIAS

TECHEDGE @ HORIZON2020: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PARA UMA SOCIEDADE MELHOR

Florideo Fabrizio | Mai 30, 2019

Horizon 2020 (H2020) é o maior e mais importante programa para pesquisa e inovação já criado pela União  Europeia (UE) com o objetivo de incentivar a transferência de grandes ideias do "laboratório" para o mercado.

O programa Horizon 2020 foi criado para estimular o crescimento econômico e gerar empregos: a pesquisa é, de fato, promovida como um investimento no futuro e tem sido colocada no centro do programa da UE para garantir um crescimento inteligente, sustentável, inclusivo e favorável à ocupação.

O H2020 tem como base três pilares fundamentais:

  • excelência científica,
  • liderança industrial,
  • desafios sociais.

simon-matzinger-320332-unsplash

Podem aderir aos financiamentos de projetos de pesquisa os consórcios padrões, formados por pelo menos três pessoas jurídicas de um Estado membro, ou países associados à UE. O consórcio responde aos anúncios pelos quais tem interesse apresentando uma proposta de projeto que poderá conseguir financiamento após ser aprovado no processo de avaliação da UE.

Na verdade, tratando-se de projetos particularmente significativos, os consórcios que se apresentaram até agora são constituídos de mais de dez parceiros dentre Universidades, Institutos de Pesquisa e Empresas Inovadoras, que querem avaliar-se e ser colocadas diante de novos desafios na tentativa de consolidar uma posição de liderança em seu setor.

Na Techedge, o H2020 vem despertando interesse desde 2015. O programa é extremamente amplo e rico de  iniciativas: graças ao suporte da sociedade Warrant Hub S.p.A., que conta com uma divisão especializada na  gestão dos projetos europeus financiados, fomos capazes de identificar imediatamente a área certa para nós dentro do programa.

Na Techedge, acreditamos que uma Tecnologia da Informação moderna não pode ter como único objetivo a construção de sistemas sempre mais complexos e eficientes. Pelo contrário, muitos esforços devem ser  orientados para encontrar valor que podemos oferecer ao ecossistema no qual estamos inseridos: é necessário partir de uma abordagem interdisciplinar para criar novos algoritmos, tecnologias e interfaces.

É exatamente em virtude dessa vocação que nosso interesse voltou para anúncios nos quais a TI é um  componente que interage com outras disciplinas visando obter um resultado inovador: assim nasceu a nossa participação nos projetos SmartFan, InnovaConcreteRepair3D.

PROJETO SMARTFAN

Smart por Design, Inteligente por Arquitetura.

SMARTFAN visa desenvolver materiais e arquiteturas smart para produtos, com funcionalidades integradas capazes de permitir a interação com o ambiente e a reação a estímulos externos, graças a tecnologias biomiméticas, detecção automática, atuadores e à capacidade de reparação de danos.

Tal inteligência foi projetada com inspiração na natureza e se baseia no uso de materiais avançados com  propriedades físico-químicas particulares, como nanotubos de carbono ou nanopartículas eletromagnéticas.

Esses materiais, aplicados sobre estruturas inteligentes e inseridos em um cenário de IoT -Internet das Coisas, permitem obter produtos inteligentes capazes, por exemplo, de economizar energia, identificar e reparar danos de maneira autônoma, alterar forma, propriedades óticas e magnéticas.

Este projeto é financiado pelo programa de Pesquisa e Inovação da União Europeia Horizon 2020, acordo de subvenção no. 760779.

PROJETO INNOVACONCRETE

Monumentos de cimento, um bem a ser preservado.

INNOVACONCRETE é um projeto inovador e ambicioso que tem por objetivo preservar os monumentos históricos construídos com cimento, que constituem o patrimônio cultural mais significativo e tangível do século XX.

Com essa finalidade, foi constituída uma equipe interdisciplinar na qual combinamos uma consistente formação científica em técnicas de simulação e síntese de nanomateriais com um amplo conhecimento em matéria de conservação de bens culturais derivantes de disciplinas humanistas, e uma sólida perspectiva industrial.

O projeto prevê uma abordagem inovadora que consiste em produzir o gel C-S-H (silicatos hidratados de cálcio), isto é, o componente fundamental da pasta de cimento utilizada para reparar as fraturas nos monumentos danificados, diretamente no local. Além disso, serão desenvolvidas e testadas novas técnicas e materiais multifuncionais para o tratamento das superfícies e das fraturas, aproveitando tecnologias de ponta que irão consistir, por exemplo, na autorreparação das partes danificadas. As soluções propostas serão testadas e validadas em vários e importantes monumentos do século XX, de forma que possa ser feita uma análise da execução das mesmas e a conscientização do público sobre o tema da conservação do patrimônio cultural  europeu.

Este projeto é financiado pelo programa de Pesquisa e Inovação da União Europeia Horizon 2020, acordo de subvenção no. 760858.

PROJETO REPAIR3D

Plástico reciclado para aplicações avançadas de impressão 3D

O REPAIR3D tem como objetivo superar todos os aspectos legais para o desenvolvimento de materiais  termoplásticos para a impressão 3D, desde a mais simples até a impressão reforçada com fibra de carbono, partindo de recursos reciclados. 

O projeto cuida de todas as fases envolvidas: da seleção de tipos e fluxos de resíduos adequados ao processo à definição de estratégias para reparar materiais, torná-los compatíveis e melhorá-los para uso na fabricação aditiva (Manufatura Aditiva, AM). Estudará, além disso, a compatibilidade entre as matrizes termoplásticas e as fibras e nanopartículas de reforço, colocará em confronto diversas técnicas de produção termoplástica aditiva e
otimizará os materiais em termos de processabilidade e desempenho.

Este projeto é financiado pelo programa de Pesquisa e Inovação da União Europeia Horizon 2020, acordo de subvenção no. 814588.

Interessado em conhecer mais?

Siga nosso blog para estar sempre atualizado!

Para mais informações sobre o programa Horizon 2020:

  • Visite o website oficial
  • Veja os resultados de projetos H2020 no CORDIS, uma ferramenta que cataloga os projetos de pesquisa e inovação da UE desde 1990.
Inscreva-se!