CONVERSÃO SAP S/4HANA - redução do Tempo de Inatividade com Automação de Processos Robóticos (RPA)

SAP S/4HANA

,

SAP

,

Migração to SAP S/4HANA

CONVERSÃO SAP S/4HANA - redução do Tempo de Inatividade com Automação de Processos Robóticos (RPA)

Sergio Ferrari | Mai 13, 2019

Na prática, em nossas experiências de Migração de Sistemas Brownfield ao SAP S/4HANA, a execução técnica da conversão leva geralmente um fim de semana, e pode ser feita de duas maneiras. Em alguns casos, optamos pela estratégia de “recursos minimizados” e em outros, pela estratégia de “tempo de inatividade minimizado”.

Até o momento, ainda buscamos nos beneficiar da estratégia “near-Zero Downtime” ou tempo de inatividade quase zero (consulte a nota OSS 693168 - Minimized Downtime Service-Serviço de Inatividade Minimizado).

Durante o Tempo de Inatividade da Empresa, os usuários finais não podem acessar a plataforma de ERP e, ao mesmo tempo, os processos em segundo plano e os fluxos de integração são suspensos. As operações de Vendas, Almoxarifado e Produção sofrem ainda mais do que as operações Financeiras e de Aquisição. Portanto, limitar o tempo de inatividade da empresa aos fins de semana é um dos principais objetivos do projeto de conversão.

Nesta seção, aproveito a oportunidade para entrevistar Luca Grilli a respeito do Tempo de Inatividade da Empresa e como podemos usar a Automação de Processos Robóticos para este processo.

Olá Luca, você gostaria de se apresentar?

Oi Sergio, é ótimo fazer parte da "Expert Series" de Conversão ao SAP S/4HANA. Eu sou um
entusiasta de tecnologia e trabalho como consultor SAP há cerca de 20 anos. Gosto de ser pioneiro e experimentar o quanto antes todas as novas possibilidades em torno do SAP Business Suite. Fui um dos primeiros a adotar o BSP, os Formulários Interativos da Adobe, o Web Dynpro para ABAP até mesmo com o Adobe Flash Islands, os Aplicativos para dispositivos Móveis e muitas outras tecnologias SAP, criando Aplicações Empresariais de missão crítica personalizadas para diversas empresas de grande porte em todo o mundo.

Mas, eu diria que, de tudo isso, o projeto mais incrível é o de Automação de Processos Robóticos (RPA). Sou também Engenheiro certificado em RPA e, desde o ano passado, estou envolvido em projetos desta área.

Você pode nos falar mais sobre como a equipe está explorando a RPA para reduzir o Tempo de Inatividade da Empresa?

Claro. Estou envolvido em muitos projetos de conversão e ao discutir com nossos consultores seniores de finanças descobrimos que a fase de “Reconciliação de Dados FI” do processo de
transferência havia levado horas... Isso me deu a ideia de analisar o tópico a partir do ponto de vista de um Engenheiro de RPA.

O resultado é impressionante. Conseguimos economizar mais de 6 horas no Tempo de Inatividade da Empresa.

Treinamos um Robô que, a partir de agora, pode transmitir os “Relatórios FI” necessários pouco antes da conversão. O Robô toma nota dos arquivos em spool salvos. Tão logo a etapa de “Migração de Dados FI” é concluída no SAP S/4HANA, o Robô executa novamente o “Relatório FI” e realiza uma meticulosa comparação “linha por linha” entre as ANTIGAS e as NOVAS saídas.

Como sabemos, como consequência do novo modelo de dados, é possível que haja discrepâncias devido a uma nova lógica de arredondamento de conversão monetária.

Por fim, o Robô produz um arquivo em PDF que destaca somente as diferenças, caso ocorram. A partir desse relatório, os especialistas de FI e os Responsáveis pelo Processo podem rapidamente efetuar as ações corretivas necessárias.

É importante observar que os relatórios devem ser customizados para cada empresa levando em consideração o histórico de dados. Desse modo, você pode facilmente executar 100 trabalhos em segundo plano. Em geral, os arquivos em spool contêm centenas de páginas e o Robô pode processá-las em segundos.

Você desenvolveu outros Robôs para dar suporte às demais fases dos projetos de conversão?

Estamos chegando bem próximos ao nosso “ingrediente secreto”. Citando somente mais um exemplo, temos a ativação massiva de BAdi que, por alguma razão, pode ficar inativa após a conversão técnica.

Sobre a Fábrica de Conversão, você acha que a RPA substituirá os consultores?

Eu prefiro pensar que a nossa Fábrica de Conversão, nossa equipe S4H LaunchPad Team, é composta por uma equipe virtual e global de especialistas em Cyber-Conversão que utiliza modelos, utilities, aceleradores - assim como - Robôs Treinados e prontos para o uso (até mesmo treinar novos Robôs) para solucionar tarefas repetitivas e arriscadas que surgem pela primeira vez em cada projeto.

Este tipo de competência será sempre um valor adicional pois a RPA  é derivada de um conhecimento prévio. Por isso, consideramos uma das razões por trás do nosso sucesso na conquista do status de Parceiro Qualificado SAP para nosso pacote de soluções para a Conversão ao SAP S/4HANA.

Última pergunta, qual é o nome do Robô que executa a “Reconciliação de Dados FI”?

A. Ela é uma dama e o nome dela é Lisa, Lisa bot.

cta_S4HANA_2

Para mais informações sobre a migração ao SAP S/4HANA - não esqueça de inscrever-se neste blog.

Aqui estão os tópicos que iremos abordar na "The Expert Series":

● Introdução à "The Expert Series" para Conversão ao SAP S/4HANA
● Tempo de Inatividade da Empresa com a Conversão ao S/4HANA comparado à
atualização de EhP
● Experiências reais com Parceiros de Negócios na versão 1809
● O papel da infraestrutura na Nuvem em um projeto de Conversão SAP S/4HANA
● Clientes do SAP Business e Aplicativos para Dispositivos Móveis SAP Fiori
● SAP Solution Manager
● Farmacêutica na versão 1809
● Varejo na versão 1709

Interessado em conhecer mais?

Descubra como estamos ajudando empresas ao redor do mundo na conversão de seus sistemas à SAP S/4HANA de maneira rápida, tranquila e com serviços de consultoria, gerenciamento e implementação.

QUERO SABER MAIS

Inscreva-se!