<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=974250883405448&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Riskturn: sua análise de investimento e validação de projeções

Blog

,

riskturn

Riskturn: sua análise de investimento e validação de projeções

Techedge | Fev 23, 2021

 

Para uma empresa viabilizar um projeto é essencial potencializar o retorno do investimento, por isso, realizar a análise de investimento utilizando a melhor ferramenta disponível aumentará as chances de sucesso na tomada de decisão.

O Riskturn é uma solução que está inovando o mercado e pode te ajudar não só na análise de investimentos, bem como, na validação de balanços projetados. Trata-se de uma plataforma de planejamento que pode ser usada por empresas de pequeno, médio ou grande porte. 

Seu principal output é fazer uma previsão de fluxo de caixa com base no risco, a partir da simulação de probabilidades utilizando a metodologia Monte Carlo. Cálculos específicos são feitos em alta velocidade para determinar as chances de que algo aconteça ou não, de acordo com o que se deseja descobrir.

O Riskturn oferece esse serviço de forma intuitiva e com uma interface que favorece a experiência do usuário. A plataforma funciona como um guia, passando por todas as etapas necessárias para a análise de investimentos financeiros. Por ela, é possível realizar backups em tempo real, comparação de cenários, gerenciamento de cronogramas e anotações de possíveis mudanças de prazos.

Neste artigo, você entenderá a importância da análise de investimento e da validação das projeções, bem como indicadores e métricas fundamentais para avaliar cenários. Por fim, ficará claro como o Riskturn pode colaborar nessas situações. 

Boa leitura!

 

A importância da análise de investimento

Todo projeto ou iniciativa dentro de uma organização tem seus custos e benefícios. Para tomar uma boa decisão, é preciso cuidado e atenção no gerenciamento dos riscos.

Ainda que você observe alguns fatores, como o fluxo de caixa ou o balanço patrimonial, eles podem não ser suficientes para entender de maneira precisa o que esperar de um investimento. Quanto mais distante você estiver nas previsões, maiores são os riscos.

A análise apurada de dados é o que indicará se o seu negócio ou proposta de investimento está indo pelo caminho certo ou se precisa de reconfigurações. Em uma análise de investimento, por exemplo, é possível acompanhar o fluxo financeiro ou  qualquer outro KPI escolhido e através dele, avaliar qual será o retorno financeiro e os riscos envolvidos. 

Outros pontos de grande importância que surgem com a análise de investimentos financeiros são:

  • Aprimoramento na gestão;
  • Atração de possíveis acionistas;
  • Criação de valor para investidores;
  • Maior facilidade na análise de ações;
  • Melhoria na tomada de decisão estratégica.

Como deve ser feita a análise de investimentos dentro de uma organização?

O primeiro passo para analisar investimentos na empresa é unir as informações essenciais para o estudo. Reúna dados sobre o fluxo de caixa, o que for possível saber sobre o mercado no qual o projeto será proposto, e a taxa mínima de atratividade (TMA).

A TMA  é uma taxa de juros que representa o mínimo que um investidor se propõe a ganhar quando faz um investimento, ou o máximo que uma pessoa se propõe a pagar quando faz um financiamento. 

Há uma série de fatores que podem impactar esse valor, incluindo o risco que a empresa está disposta a tomar. Chegar a esse número requer consenso entre todas as partes e uma boa noção de como anda a saúde financeira da empresa, o que será observado também pelo fluxo de caixa.

Toda avaliação será baseada em cálculos que variam de acordo com o método escolhido. Como são contas sensíveis e complexas, com muitas variáveis, não é aconselhável fazê-las manualmente e sem acompanhamento profissional e/ou tecnológico. Você pode contar com consultorias especializadas e com plataformas como o Riskturn.

 

O papel do value at risk (VaR) na análise de investimento

ifrs

Realizar uma boa análise de investimento é essencial para a tomada de decisão.

 

A análise de investimentos financeiros depende de diversos aspectos relativos à empresa e suas operações, mas não devemos apenas nos limitar aos fatores internos, precisamos também considerar fatores externos para uma análise mais assertiva.

Você pode até controlar os números da organização, ou ao menos controlar o que faz com que eles mudem. Entretanto, não é possível ter domínio sobre influências que não possuem relação com a empresa, como instabilidade política, por exemplo. A esses fatores é dado o nome de Riscos de Mercado. Eles podem ser analisados pelo Value at Risk (VaR).

No entanto, lembre-se que as coisas podem tomar caminhos totalmente diferentes a partir de mudanças no mercado, mesmo que antes do investimento tenha sido realizada uma cuidadosa avaliação dos elementos internos de um negócio. 

O VaR existe para que os investidores possam se preparar e não ficar totalmente à mercê das turbulências externas. Ele parte do princípio de que não existe apenas um só risco, mas uma série deles, incluindo:

  • Risco de desempenho (responsabilidade legal, segurança e qualidade);
  • Risco externo (mudanças em normas e regulamentações);
  • Risco financeiro (cambial, patrimonial, de liquidez, entre outros);
  • Risco estratégico (reputação e competitividade).

 

A metodologia VaR leva muitos fatores em consideração ao definir o valor percentual da máxima perda, ou seja, do pior cenário possível. Essa técnica demonstra as chances de sucesso e ajuda você a definir se determinado investimento vale a pena ou não, estatisticamente.

 

Quais os KPIs mais comuns  para avaliação de cenários?

Os KPIs, ou Key Performance Indicators, são indicadores de desempenho com o objetivo de mensurar qualquer área em uma empresa. Neste caso, a financeira. Veja abaixo alguns dos KPIs mais importantes na análise de investimento.

 

Índice de lucratividade ou rentabilidade

Onde aferimos o retorno ou bottom line, seja de um investimento ou do resultado de uma operação fabril, por exemplo.

 

Índice de necessidade de capital de giro

Muito importante para planejamento de investimentos pontuais e também em planejamentos plurianuais.

 

Prazo médio de pagamento

Prazos longos de pagamento favorecem os negócios, então é interessante ficar atento a esse índice para negociar sempre que possível.

 

Prazo médio de recebimento

Quanto menos tempo demorar para que o valor caia na conta da empresa, melhor. Ainda assim, esse é um índice que deve ser visto em conjunto com outros, como o prazo de pagamento. A partir da análise de todo o cenário, você pode definir melhor os fluxos de cobranças, linhas de crédito, etc.

 

Índice de endividamento

Empréstimos e outras formas de capitais externos são, muitas vezes, o único jeito de fazer com que os negócios funcionem. Ficar de olho nessa dependência é muito importante para reconhecer os riscos de endividamento. 

 

A métrica Cash Conversion Cycle (CCC)

Além dos KPIs citados, há muitas outras métricas financeiras que requerem atenção regularmente. Uma delas é a CCC: Cash Conversion Cycle,  ou Ciclo de Conversão do Dinheiro. 

Com ele, você descobre quanto tempo leva para que o ciclo esteja completo. Ter essa informação pode ser útil em situações variadas, como ao negociar com fornecedores, ao captar falhas operacionais ou buscar investidores.

 

A importância da validação das projeções financeiras da empresa

Todas as empresas têm a obrigação fiscal de realizar a escrituração das informações, que são representadas pelo balanço patrimonial, DRE, Fluxo de caixa, dentre outros. 

A validação destas informações, em alguns casos, não só é necessária pela regulamentação como também é uma ótima prática na análise de investimento. É a partir dessas informações que os KPIs e métricas mencionadas acima serão calculadas.

 

Como o Riskturn pode te ajudar?

Todos esses aspectos acerca da análise de investimento podem ser agilizados e otimizados com o uso do Riskturn. 

A ferramenta permite a avaliação de cenários de risco, o que pode ou não validar resultados operacionais descobertos através de outras técnicas. O cálculo é realizado seguindo variáveis específicas do segmento da empresa, portanto, os resultados são ainda mais precisos.

O Riskturn é a melhor opção para validar suas informações, bem como simular situações no risco para garantir a melhor tomada de decisão e proporcionar a  maximização do retorno considerando os riscos.

Entre em contato conosco para saber como a solução  pode ajudar o seu negócio!

contato

 

Inscreva-se!