POR QUE REALIZAR A GESTÃO DE ATIVOS NA INDÚSTRIA DE MANUFATURA?

Indústria 4.0

,

Manufatura

POR QUE REALIZAR A GESTÃO DE ATIVOS NA INDÚSTRIA DE MANUFATURA?

Martin Horvath | Abr 25, 2019

Os ativos são a base de qualquer negócio - não importa se é o machado que derruba uma árvore ou um robô que monta o carro. Sendo assim, por que gerenciar ativos de maneira eficiente não é uma prática comum? Provavelmente porque a gestão de ativos adequada requer conhecimento e custa dinheiro.

Nesta publicação, vou explicar porque a gestão de ativos é tão importante e como uma empresa de manufatura irá beneficiar-se dessa estratégia. 

gestao-ativos-manufatura

E para começar...

O seu Índice de Giro de Ativos está acima ou abaixo de 1,0?

No fim do dia, alguém terá que justificar os investimentos realizados perante a diretoria da empresa. Nós temos certeza disso e, por essa razão, o "porquê" deve ser expresso em dólares!

Um denominador importante para o sucesso é o índice de giro de ativo que - literalmente - expressa a eficiência do uso de ativos em uma empresa levando em conta o valor total do ativo e o total de vendas gerado por eles. Um índice de 1.5 significa que para cada dólar investido em ativo, gera $1,50 de vendas. 

Embora este valor não possa ser considerado bom ou ruim, afinal depende da indústria e outros aspectos, a comparação com seus principais concorrentes ou a variação deste índice ao longo do tempo em sua empresa é significativo e importante! Aumentar este indicador (KPI) em 0.1 pode fazer uma grande diferença em seus reportes financeiros.

Abaixo estão alguns números, obtidos de nossos amigos da csimarket.com, e que irão contribuir para uma visão preliminar desse indicador em diferentes setores. O que interessa não é o número absoluto, mas as diferenças entre indústrias, setores e empresas.

Varejo

3.53

Transporte

1.31

Energia

0.77

Tecnologia

0.46

Finanças

0.26

Utilities

0.31

Levando em conta o setor, varejo obviamente toma a dianteira com aproximadamente $3.5 em vendas para cada $1 gasto em ativos. Como era de se esperar, quanto mais a empresa investe em ativos, mais importante é realizar uma gestão de ativos adequada. 

Wholesale

3.53

Technology retail

2.80

Agricultural production

1.76

Misc. financial services

0.01

Commercial Banks

0.04

Water supply

0.17

Electric utilities

0.23

Levando em conta as indústrias, podemos notar que há grande diferença entre os setores, por exemplo, o varejo de tecnologia está atrasado em relação ao varejo atacadista.

Sports Field Holdings, Inc.

8.89

China Carbon Graphite Group, Inc.

8.16

Dominos Pizza Inc

2.72

Best Buy Co Inc

3.30

Unites States Steel Corp

2.94

Wallmart Inc.

2.42

Q Biomed Inc

0.00

Harvest Oil & Gas Corp.

0.16

Netflix Inc.

0.19

E ao observar algumas empresas famosas podemos notar que algumas já trabalham de maneira otimizada em termos de ativos. A Best Buy, empresa de varejo de tecnologia que opera nos Estados Unidos, Canada e México, ultrapassa a média do setor em $0.50. 

Como é feito o cálculo do Índice de Giro de Ativo?

O cálculo desse indicador-chave de desempenho é fácil (basta dividir as vendas pelo valor médio de ativos); porém obter o número exato de ativos pode ser difícil. Apenas um poderoso sistema empresarial de gestão de ativos permite o cálculo e a observação desse indicador de desempenho, pois os registros - em papel e planilhas - tornam a análise desse indicador/KPIs mais complexa e, sucessivamente, a tomada de decisão. Estou certo de que a maioria de nossos leitores está ciente dos silos de dados e de milhões de planilhas desatualizadas em Microsoft Excel.

Portanto, um sistema de gestão de ativos facilita o cálculo de KPIs e permite otimizações - como a eliminação de ativos não utilizados - para a melhoria desses indicadores e posterior geração de valor ao negócio. 

Um sistema de gestão de ativos é um componente-chave em todo tipo de negócio, mas gostaria de focar no setor manufatureiro.

Gestão de Ativos na Manufatura

O inventário é o aspecto mais crítico de toda indústria de Manufatura. E em muitos casos, estas empresas está operando diversas fábricas ao redor do mundo. Ao operar em uma escala global, há a descentralização e isso leva a informações imprecisas (como mencionamos anteriormente). Quando ocorre a falha ou a interrupção do estoque, a produção diminui, as entregas são postergadas, o trabalho é interrompido ... em outras palavras, CUSTA DINHEIRO! A avaria de uma máquina devido a falta de peças de reposição necessárias pode ter consequências devastadoras. Um de nossos clientes relatou que o tempo de inatividade não planejado pode custa de $15.000 a $300.000/hora. 

Para evitar este tipo de "problema", podemos considerar algumas estratégias caseiras como: máquinas fantasmas e inventários "sombra" (máquinas e peças de reposição reservas), equipamentos com tolerância a falhas (fail-over), entre outros, que podem prevenir períodos de inatividade, porém têm um impacto significativo em seus resultados financeiros - como o Índice de Giro de Ativos.

Tenho o básico... O que vem depois?

Para aqueles que já convencemos de que a gestão de ativos irá aumentar o seu valor de negócio, o grande desafio é escolher a ferramenta perfeita para o seu próximo passo, e muitas vezes, considerar como um projeto por si só. Mas - uma vez que o dever de casa está feito, e o sistema está funcionando - devemos ter em conta que ele não só fornece a informação correta como também uma versão única da verdade, com rastreabilidade e controle. Agora é o momento de novas idéias e possibilidades para a otimização de seus processos ... Manutenção Preditiva, Fábricas sem papel, Inteligência Artificial, Realidade Aumentada, Mapas de Eficiência, Previsões e Simulações. 

Por que não?

Interessado em aprender mais?

Você está pronto para iniciar o gerenciamento de ativos de maneira inteligente? Conheça nossos serviços e soluções para este tópico!

FALE CONOSCO

Inscreva-se!