<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=974250883405448&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
PESSOAS NO CENTRO: A CHAVE PARA UMA TRANSFORMAÇÃO DE SUCESSO

Transformação Digital

,

NRF

PESSOAS NO CENTRO: A CHAVE PARA UMA TRANSFORMAÇÃO DE SUCESSO

Francesco Belloni | set 21, 2020

O fraco engajamento das pessoas é o principal motivo do fracasso dos projetos de transformação digital. 

As tecnologias digitais estão permitindo mudanças extremamente rápidas, e as pessoas sempre devem ser o ponto focal da transformação - na verdade, a chave para uma transformação bem-sucedida é garantir que os usuários evoluam na mesma velocidade da tecnologia. Em outras palavras, é necessária uma mudança de paradigma: de centrado nos negócios para centrado nas pessoas.

Partir de pessoas, ao invés de processos e tecnologias, permitirá desenvolver soluções enxutas verdadeiramente construídas em torno de suas necessidades e potencialidades, facilitando uma adoção mais fácil e rápida de tais soluções.

Uma nova abordagem para a transformação digital

A abordagem para projetos de transformação digital deve seguir a mesma mudança de paradigma.

Com isso em mente, na Techedge, criamos uma abordagem pragmática para a transformação digital que alavanca o Design Thinking, fortes competências tecnológicas e foco nas pessoas para ajudar nossos clientes a introduzir uma inovação tangível e utilizável.

foco-pessoas-design-thinking

Essa abordagem pode ser adaptada a cenários, públicos e objetivos específicos. Como exemplo, agora descreveremos as metodologias desenvolvidas para o cenário da indústria 4.0 (chamado Factory Journey ou Digital Frog) e as metodologias para o cenário Corporativo (Automation Journey).

 

Cenário 1. Indústria 4.0: Jornada de Fábrica (também conhecida como Sapo Digital)

Os projetos de inovação dentro de uma fábrica devem ter como objetivo final facilitar o dia-a-dia de todos os trabalhadores. Por esta razão, tal jornada deve ser considerada um trabalho em equipe e todos os principais interessados ​​devem estar presentes desde o início - ninguém excluído.

Nossa abordagem de 4 etapas é baseada nesta suposição e inclui: 

  • Integração digital de todos os principais interessados 
  • Identificação de oportunidades
  • Realização de pilotos e protótipos
  • Industrialização das soluções projetadas

abordagem-techedge

Esta abordagem pragmática permite alavancar as tecnologias mais adequadas e transformar ideias em realidade com mais rapidez, com resultados imediatos (um verdadeiro salto na jornada da inovação… É por isso que o chamamos de Digital Frog), lançando as bases para um plano estratégico de digitalização.

 

Cenário # 2. Corporativo: jornada de automação

As novas tecnologias podem ajudar as empresas a melhorar significativamente a eficiência, reduzindo custos e permitindo um melhor uso dos recursos, ao mesmo tempo em que aumenta o controle sobre os processos. 

Automação de processos robóticos (RPA), inteligência artificial, OCR, aprendizado de máquina, mineração de processos, análise avançada, modelagem de processos de negócios de baixo código - quando usadas corretamente, essas tecnologias permitem automatizar tarefas repetitivas e de baixo valor e otimizar processos de negócios.

Esta jornada de automação aproveita uma abordagem pragmática e inclusiva, composta de diferentes etapas:

  • Integração das principais partes interessadas
  • Desenvolvimento e priorização de ideias, utilizando metodologias de Design Thinking
  • Implementação das ideias previamente identificadas
  • Monitoramento e otimização de processos de negócios

jornada-techedge

Características distintivas: Design Thinking e Tecnologia Onboarding

Design Thinking e Technology Onboarding são os traços distintivos de nossa metodologia, em cada declínio.

Technology Onboarding - parte de um Digital Onboarding mais amplo, a primeira etapa fundamental de qualquer projeto de inovação que permite envolver desde o início todas as pessoas-chave na iniciativa de transformação - é projetado para educar e treinar em novas tecnologias (por exemplo, 3D, móvel, IoT, 5G, sala de controle virtual). 

É um momento muito útil para explicar e fazer com que todos entendam o verdadeiro potencial das tecnologias, ajudando os usuários a entender onde tais tecnologias podem ser empregadas e ficar “à vontade” com elas. Exploramos isso com mais detalhes neste artigo sobre o papel da Tecnologia Onboarding em projetos de inovação.

Já o Design Thinking representa a ferramenta chave para garantir a eficácia das iniciativas: com o Design Thinking, de fato, é possível desenhar e validar protótipos em poucos dias, fazendo uma jornada enxuta rumo à inovação.

Além disso, o Design Thinking pode ser executado com sucesso também remotamente, acelerando ainda mais o processo... Tornando essa ferramenta ainda mais interessante.

metodologia-nrf

 

Inscreva-se!