INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E LINGUAGEM R APLICADAS À MELHORIA DE PROCESSOS: R OU PHYTON?

ANALITICO E EPM

,

Inteligencia Artificial

,

Liderança

,

Linguagem R

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E LINGUAGEM R APLICADAS À MELHORIA DE PROCESSOS: R OU PHYTON?

Rocío Víctor Román | abr 09, 2019

IA-R

Para escolher uma definição adequada para a Inteligência Artificial, a opção mais lógica seria utilizar aquela que seus próprios criadores lhe deram. Um deles, John McCarthy, a define como “A ciência e engenho de fazer máquinas inteligentes”.

Em linguagem mais coloquial, podemos definir a Inteligência Artificial como um programa informático cujo objetivo é garantir que as operações de inteligência humana possam ser desenvolvidas pelos computadores, como é o caso da autoaprendizagem.

Uma das linguagens de programação preferidas aplicadas à Inteligência Artificial é a R, que é considerada uma das mais úteis e eficientes para a análise e manipulação de dados para propósitos estatísticos.

Ao ser uma linguagem de código aberto e de grande flexibilidade, observamos que se integra cada vez mais às ferramentas empresariais de BI, Big Data ou Machine Learning e que sua expansão no mundo da Inteligência Artificial está apenas começando.

Evolução e utilização da Inteligência Artificial

A inteligência artificial está passando por um crescimento espetacular no mundo da tecnologia digital. A sua utilização proporcionou um grande impulso de vendas para muitas empresas e, ao mesmo tempo, reforçou a atração dos investidores nesta área.

Para citar algumas aplicações em grandes empresas:

  • Amazon, Microsoft e Google a utilizam em seus dispositivos mais recentes para novas funcionalidades, como acender a luz ou reconhecer imagens. Isso demonstra que a aplicação da Inteligência Artificial é cada vez mais frequente nas empresas.
  • Facebook, Salesforce ou Twitter, que têm acesso a um grande número de consumidores e informações, são capazes de fornecer serviços de valor agregado baseados na Inteligência Artificial aplicando a linguagem R em seus sistemas de Data Science.
  • No caso da Netflix, ela aproveita a utilização desta informação para gerar resultados e recomendações personalizadas, o que permite a manutenção de seus assinantes e evita grandes perdas econômicas.
  • Por seu turno, a Amazon usa a Inteligência Artificial para reduzir custos operacionais através da utilização de robôs autônomos,

 Por que R e não Python?

Esta pergunta não tem uma resposta fácil. Ambas podem ser escolhidas dependendo das necessidades do negócio, projeto ou outras características do ambiente em que estamos nos movendo.

Por um lado, muitos especialistas consideram Python mais fácil em seu aprendizado, embora seja verdade que R provenha do mundo acadêmico e sua expansão no ambiente de empresarial esteja crescendo.

Dependendo do tipo de problema, se for o caso de uma análise de dados que requeira uma computação independente ou uma análise individual nos servidores, R será aplicada.

No entanto, se a análise de dados exigir integração com os aplicativos da Web ou se for necessário inserir o código de análise estatística em um banco de dados de produção, Python será aplicada.

Quanto às funcionalidades e ao desempenho são semelhantes, embora deva ser tido em conta que R é considerada mais visual (portanto, preferida pelos usuários de negócios), mas menos adaptada a ambientes de produção complexos. Permite que as empresas realizem uma análise para reduzir seus custos através da utilização de ferramentas estatísticas com a capacidade de fazer um estudo exaustivo das informações de diferentes fontes. Além de ser capaz de fornecer gráficos muito poderosos para essa análise dos negócios.

imagem-r

Python e R

Ambas são consideradas muito fortes na análise de dados e sua aplicação em Inteligência Artificial, uma vez que estão sendo constantemente desenvolvidas e atualizadas, sem contar que se encontram integradas com diversas ferramentas de Business Intelligence. Portanto, dependendo das condições em que se encontrar, você terá que tomar a decisão de qual delas melhor se adapta ao que está procurando.

Inteligência Artificial e linguagem R como uma via de crescimento digital das empresas

A linguagem R pode ser aplicada em Inteligência Artificial a qualquer metodologia, uma vez que pode explorar de forma eficiente e customizada as informações internas e externas para a tomada de decisões focadas em agregar valor em qualquer tipo de empresa e setor.

Em resumo, a Inteligência Artificial pode estimular o crescimento da maioria das empresas e, em grande parte, o êxito comercial ou um fracasso dependem da velocidade e eficiência da implementação dessas novas tecnologias.

A final de contas, também na Inteligência Artificial, a chave do êxito no âmbito digital provém da capacidade da empresa de aproveitar os dados e transformá-los em oportunidades de negócios.

Pronto para obter insights a partir de seus dados?

Explore nossos estudos de caso e soluções para saber como podemos ajudá-lo a identificar, coletar, transformar e aproveitar seus dados!

QUERO SABER MAIS

Inscreva-se!