A CULTURA ORGANIZACIONAL FRENTE À PANDEMIA

Recursos Humanos

,

NOTÍCIAS

A CULTURA ORGANIZACIONAL FRENTE À PANDEMIA

Techedge | Abr 27, 2020

A pandemia do novo coronavírus que enfrentamos atualmente já está se demonstrando um dos maiores desafios da nossa geração e uma das maiores crises de saúde da história. Afinal, a situação relacionada ao número de casos e mortes confirmadas se torna cada dia mais assustadora. 

Sendo assim, todas as empresas precisam encontrar novos métodos para continuar seu trabalho em frente a iminente crise. Nesse momento, mais do que em qualquer outro, é necessário ter uma cultura organizacional firme para servir como base às ações a serem tomadas

Através da cultura organizacional, temos uma bússola, orientando as melhores alternativas e caminhos para agir em parceria com os colaboradores.

Sabendo disso, separamos aqui o que você precisa saber sobre cultura e clima organizacional, bem como a importância de uma metodologia para a implementação adequada em qualquer empresa.

New call-to-action

O que é cultura organizacional?

Definir o que é cultura organizacional não é uma tarefa simples. Este tema envolve diversos fatores, desde a criação de uma empresa até a sua função dentro do mercado em que está inserida.

Porém, em linhas gerais, chamamos de cultura organizacional todos os preceitos nos quais um negócio é pautado. Ou seja: ações sociais, políticas públicas e privadas, benefícios fornecidos aos seus funcionários, e o mais importante, o motivo da sua existência como empresa. Além desses, muitos outros fatores são relevantes e influenciam no clima vivenciado pelos colaboradores diariamente. 

É válido lembrar que a cultura organizacional nunca é estática. Mesmo pautadas em valores e fundamentos fixos, com o passar do tempo podem - e devem - ser revisadas, e atualizadas. 

A equipe de gestão, por exemplo, é um motivo que pode causar diversas mudanças culturais. Caso os novos membros não estejam alinhados com o ambiente criado antes, podem tomar atitudes que não condizem com o padrão estabelecido pela organização.

Além disso, itens como a comercialização de novos produtos e a mudança de processos nas linhas de produção também são agentes causadores de mutações. Nesses casos, é papel da administração trabalhar para que a cultura idealizada permaneça, mesmo em frente às diferenças implementadas. 

O que é clima organizacional?

O clima da organização, por sua vez, se trata dos sentimentos compartilhados por todos os colaboradores em relação à empresa. Esse item, além de mutável, pode ter altos e baixos durante diferentes fases do negócio.

Ou seja, explicando de forma simples a diferença entre cultura e clima organizacional, podemos dizer que o clima se trata das emoções dos funcionários, enquanto a cultura se refere a pretensão da empresa sobre seus colaboradores.

Para uma cultura organizacional efetiva, é necessário sempre trabalhar em novos meios para atingir o ponto de equilíbrio entre os desejos e obrigações de ambas as partes.

Quando ambos permanecem na mesma linha, atinge-se a motivação ideal para que os resultados esperados sejam conquistados.

Porém, esse estado de união nem sempre é fácil. Proporcionar a todos os integrantes da equipe a visão da gestão pode ser uma tarefa complicada, que resultará em divergências de todos os níveis.

A importância da cultura organizacional de uma empresa

Sabendo o que é a cultura de uma empresa, não é difícil pensar em nomes de organizações famosas por seus sistemas próprios. A Ambev é um grande exemplo, sendo referência no mercado pelo seu método de produção e relação com os funcionários.

No entanto, quando falamos sobre tempos de pandemia, a importância de ter uma mensagem clara e firme cresce ainda mais. Afinal, com constantes notícias relacionadas a novos decretos para demissão ou diminuição dos salários, o medo e a insegurança ganham espaço entre os colaboradores.

Sendo assim, confira alguns fatores que fazem a cultura organizacional de uma empresa ser tão importante e técnicas para mantê-la sempre em conformidade:

Engajamento com a marca

Nada interfere mais nos resultados apresentados por um colaborador do que a desmotivação. Ela mina o desejo de trabalhar, fazendo com que o funcionário se sinta desimportante dentro do quebra-cabeça da empresa, o que afeta profundamente o seu desempenho.

Uma cultura organizacional forte e bem elaborada tem o poder de engajar cada membro da equipe. Através da mensagem transmitida por ela, todos adquirem maior ciência do seu papel no resultado do produto e se esforçam mais em seus papéis na produção.

Melhor imagem no mercado

Quem nunca pensou em trabalhar no Google, não é mesmo? Essa vontade advém da cultura organizacional da empresa, famosa por sua flexibilidade e metodologia. Além disso, um clima adequado tem influência direta dentro do mercado, atraindo a atenção de clientes e colaboradores.

Ganho de valor no produto

Quando a mensagem da empresa é forte e conhecida, ela se espalha pelas mídias sociais. Consequentemente, o nome da organização se torna mais popular, ajudando no marketing da marca. Isso, por sua vez, gera a oportunidade de agregar no valor do produto oferecido pelo negócio.

O motivo é simples: sabe-se que o item foi produzido em um ambiente que exala qualidade. Desse modo, independentemente do valor, os clientes o terão como prioridade de compra.

A importância de ter um clima organizacional adequado é enorme, não há dúvida alguma.

Sendo assim, esforce-se para manter seus colaboradores sempre engajados, seja através de bonificações, uma comunicação clara ou competições intersetoriais. Quanto mais eles forem valorizados, mais se importarão com a empresa para a qual entregam seus serviços.

capital-humano

 

Inscreva-se!