BUSINESS INTELLIGENCE: ANALISANDO OS DADOS DE SUA EMPRESA

ANALITICO E EPM

,

Analytics

,

Business Intelligence

BUSINESS INTELLIGENCE: ANALISANDO OS DADOS DE SUA EMPRESA

Techedge | Jul 16, 2020

Com a crise iniciada pela pandemia do COVID 19, muitas empresas perceberam que não possuíam a visibilidade adequada e necessária de seus negócios, evidenciando assim a relevância de uma estratégia orientada a dados em suas companhias.

Devido à enorme quantidade de dados, estruturados ou não, disponíveis no mercado e em nossas organizações, o uso de estratégias focadas em BI (Business Intelligence), Business Analytics e até Big Data Analytics podem trazer um resultado exponencial para a sua empresa. Com base nas informações obtidas, as empresas podem ter conhecimento sobre a sua realidade, bem como elaborar insights valiosos para o seu negócio.

Saiba mais sobre as principais estratégias de inteligência de dados e uso em análise preditiva!

O que é Business Intelligence, Business Analytics e Big Data Analytics?

Antes de mais nada, vale salientar que todas as estratégias abordadas nesse tópico se baseiam em dados, e consequentemente, em suas informações.

1- Business Intelligence (BI) é o uso de tecnologia para a coleta, integração, análise e apresentação de informações de negócios. A ideia é que as empresas usem softwares e ferramentas para coletar dados e assim ter mais subsídios para tomar melhores decisões.

2- Já o Business Analytics (BA), também é uma tecnologia centrada em dados, no entanto, é focada em análise estatística de dados. Sendo assim, essa estratégia combina a análise preditiva com métodos avançados de análise de informação, indo de encontro às demandas das indústrias e das avaliações corporativas.

3- O Big Data Analytics, por sua vez, são as métricas propriamente ditas, que servem para que o BI seja praticado, por meio de ações como a análise preditiva. O criador desse termo foi Doug Laney, que resumiu a atividade em três Vs:

funnel

 

arrow

 

social share

VOLUME VELOCIDADE VARIEDADE
Dados podem ser coletados de diversas fontes, como redes sociais e transações comerciais. Com a tecnologia, o fluxo de dados acontece com uma velocidade sem precedentes. Diversos tipos de dados são coletados, como informações numéricas, em formato de texto, em vídeo e em áudio.

 

E para o que servem?

 

 1- O Business Intelligence (BI) serve para melhorar o planejamento estratégico de uma empresa e sua parte operacional através de softwares e ferramentas. Dessa forma, é possível gerar maior vantagem competitiva no mercado.

 2- O Business Analytics (BA) e suas análises estatísticas servem para buscar soluções que permitam aumentar os resultados das empresas, visto a concorrência cada vez mais agressiva.

 3- O Big Data Analytics serve para extrair, organizar e compreender os dados de uma empresa. Dessa forma, é possível transformar os números em informações estratégicas para o negócio e essenciais no processo de tomada de decisão. 

Por que analisar os dados de sua empresa?

Como explicamos, o uso de dados nas empresas serve para que a tomada de decisão seja mais assertiva. Além desse objetivo geral, ainda há outros mais específicos, como:

  • Gestão eficiente de informações: com o uso de ferramentas de Big Data Analytics e do Business Intelligence, os dados são bem organizados e fáceis de serem localizados. Também são gerados em formato de relatório e dashboards interativos.
  • Reconhecimento de falhas: ao analisar os resultados de suas operações, como o volume de vendas, por exemplo, podem ser reconhecidos gargalos que atrapalhem as operações. Assim, medidas são tomadas baseados em dados reais para correção dos erros.
  • Otimização de processos: o uso de dados também possibilita que se perceba quais atividades levam mais tempo para serem feitas. Dessa forma, elas podem ser automatizadas, por exemplo.

E o que analisar em época de crise?

Em um momento de crise, as estratégias de Business Intelligence e uso de dados são ainda mais relevantes. Entre os principais pontos a serem analisados, destacamos os seguintes:

  • Principais buscas: acompanhar quais são as tendências de buscas no Google, por exemplo, ajuda a compreender o que o cliente deseja comprar no momento atual;
  • Linguagem: deve-se mensurar qual é o melhor tom de voz para conversar com os clientes. A fala mais humanizada e sensível pode ser mais eficiente em uma situação de crise;
  • Dores: entender quais são as necessidades das pessoas. Na crise, as prioridades mudam e isso deve ser identificado rapidamente e transformado em vantagem competitiva.

Estratégias para entender os dados da empresa

A análise de dados e de inteligência é fundamental para os negócios! Ao falar sobre Business Intelligence, é interessante destacar que as estratégias não são responsabilidade de um único profissional ou setor. Todas as áreas da companhia devem buscar meios para gerar dados e tomar decisões de forma mais assertiva.

Para desenvolver as estratégias, o primeiro passo é identificar os problemas que as empresas têm para resolver, em todos os setores. A partir disso, devem ser gerados relatórios de dados que possam dar um diagnóstico para a solução que precisa ser resolvida.

Benefícios do Business Intelligence para empresas

As vantagens do Business Intelligence para as empresas, por meio das análises preditivas, são muitas. Observe os principais benefícios:

  • Otimização de custos com Automação: a empresa identifica maneiras para gastar menos em suas operações, principalmente aquelas atividades repetitivas que não agregam valor à companhia.
  • Aumento da produtividade: é possível identificar em quais pontos a empresa pode melhorar para se tornar mais produtiva, automatizando tarefas, por exemplo;
  • Identificação de oportunidades: os relatórios de dados podem ajudar a identificar novas oportunidades de negócio, fazendo com que a empresa aumente os lucros.

Cases de sucesso:

O número de empresas que alcançaram o sucesso com estratégias de Business Intelligence e Big Data Analytics está crescendo cada vez mais rápido no mercado, principalmente, em e-commerce.

Por isso, selecionamos duas grandes empresas que alcançaram bons resultados com essa estratégia. Confira!

Avon

A marca de cosméticos Avon, que há mais de 130 anos vende produtos por catálogo, contando com consultores parceiros, começou a usar o BI para tomar melhores decisões.

Com as coletas e uso de dados, foi possível analisar quais os produtos são mais pedidos pelos clientes, as separações feitas nos armazéns e centros de distribuição. Com base nisso, a companhia conseguiu personalizar as ofertas de vendas para os consumidores, fidelizando e, consequentemente, lucrando mais.

Toyota

A montadora de automóveis Toyota conseguiu aumentar o volume de vendas em 40% após adotar uma ferramenta de Business Intelligence. Para isso, foi criada uma comunidade interna de usuários, na qual se iniciou análises para compreender melhor as necessidades dos clientes, criando produtos e peças publicitárias que vão ao encontro desses anseios.

Analisar dados da empresa significa gerar melhorias em todos os setores, impactando diretamente nos lucros dos negócios. 

Se deseja descobrir outras soluções que colaboram com a sua empresa, confira o nosso site!

ferramentas-bi

Inscreva-se!